quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

A obesidade é genética?

 

Obesidade

A genética exerce uma importante influência sobre a obesidade. Um evidente sinal disso são os casos de duas pessoas que comem a mesma quantidade de comida, mas uma engorda e a outra não. Essa influência também pode ser vista em famílias nas quais vários membros têm problema com a balança, mesmo tendo estilos de vida bastante diferentes.

Mas é preciso tomar cuidado para não colocar toda a culpa na genética. Na verdade, a obesidade tem diversas causas. Ela envolve também fatores psicológicos, nutricionais, socioeconômicos e culturais.

Os estudos mais recentes apontam a leptina, um hormônio produzido naturalmente pelo nosso corpo, como um dos principais causadores da obesidade. Essa substância informa o cérebro que estamos saciados, aumenta o gasto de energia do organismo e promove a dissolução do tecido adiposo. O problema surge quando há baixa produção de leptina ou falhas em seu mecanismo de ação, dois defeitos relacionados com a genética.

Pode-se dizer, portanto, que existe uma forte tendência familiar para a obesidade. Mas, na maioria dos casos, ela pode ser controlada por meio dos outros fatores que nos fazem engordar.

Aprender uma nova forma de lidar com a comida, comendo de tudo e mudando hábitos, é o caminho mais fácil e seguro para emagrecer, pois assim você não volta a engordar.

Fonte: Site Emagrecendo.com.br

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...