segunda-feira, 6 de abril de 2009

Chocolate em sua melhor forma!

 

ovos-pascoa

 

Há opções mais nutritivas e menos calóricas para a Páscoa de sua família!

 

É semana de Páscoa... O período que mais se vê (e se come) chocolate! Não é a toa que sentimos uma enorme satisfação quando comemos o doce, afinal o cheiro e a textura são de dar água na boca. Essa delícia proporciona prazer físico e mental, já que estimula a produção de serotonina (neurotransmissor responsável pela sensação do bem-estar, pois diminui a ansiedade). O chocolate também possui cafeína e teobromina, estimulantes do sistema nervoso central e muscular, respectivamente.
A quantidade de sabores, marcas e variedades de cores e embalagens chamam a atenção de crianças e adultos que são estimulados, o tempo todo, a adquirir a maior quantidade de ovos de chocolate. Para muitos, a data acaba se transformando numa espécie de competição, onde o importante é comer o máximo de chocolate possível, o que, sem dúvida, é um hábito errado.

Quanto de Carinho?
Quem nunca quis comprar o maior ovo de chocolate para um amigo ou familiar só para impressioná-lo e representar, assim, o afeto que sente pela pessoa? Justamente por conta de todo apelo emocional popular envolvido nesta época, essa atitude se torna comum e frequente. Entretanto, a ideia de “quanto maior mais carinho” não é positiva se pensarmos que o excesso de chocolate representa ingestão de mais açúcar, carboidratos e muitas calorias (que serão excedentes de energia e vão se depositar na forma de gordura no corpo).

"Há opções mais nutritivas e menos calóricas para a Páscoa de sua família!"

O chocolate amargo, por exemplo, tem grande índice de massa e manteiga de cacau, pouquíssimo açúcar e não contém leite. É bastante rico em compostos antioxidantes que previnem o envelhecimento celular, tem mais que o dobro de fibras, tornando-o o menos calórico e o mais saudável entre os chocolates tradicionais (branco e ao leite). Já o chocolate orgânico contém 40% de cacau, antioxidantes naturais e, dentre os benefícios, é adoçado com xilitol, que exerce ação anti-cárie.

Chocolate de Soja?
Sim ele existe! O chocolate de soja é um chocolate 100% vegetal, feito com extrato de soja, sem lactose. Por isso esta guloseima é especialmente indicada para pessoas com intolerância à lactose. O leite é substituído pelo extrato de soja, mas sem que o chocolate perca seu sabor.

Chocolate de Alfarroba?

A alfarroba é o fruto da alfarrobeira, uma árvore selvagem, nativa da costa do Mediterrâneo. É uma vagem comestível, semelhante ao feijão, de cor marrom escuro e sabor adocicado. O pó que é utilizado para substituir o cacau é derivado da polpa da vagem que é torrada e moída. Esse pó, contudo, possui expressiva diferença em relação ao cacau no conteúdo de açúcar e de gordura. Enquanto o cacau possui até 23% de gordura e 5% de açúcar, a alfarroba possui 0,7% de gordura e um alto teor de açúcares naturais (sucrose, glucose e frutose), em torno de 38 a 45%. Também é rica em vitaminas como rica em vitamina B1, B2 e vitamina A. Apesar de ser rica em açucares naturais, o chocolate de alfarroba tem baixo valor calórico devido à pequena quantidade de gordura e alta quantidade de fibras. Também tem efeito antioxidante e seu poder de reduzir o colesterol é o dobro de outras fibras.
Portanto, presentear com um chocolate saudável e nutritivo nessa Páscoa representa muito mais que carinho, mas sim, um ato de respeito e preocupação à saúde da outra pessoa.

por: Dionisio Alexandrini Neto

Fonte: Emagrecendo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...