terça-feira, 1 de setembro de 2009

Alimentação saudável - O que comer no trabalho?

 

O QUE COMER NO ESCRITÓRIO?

 

as-refeicoes-no-trabalho


Com a vida atribulada que muitos levam fica difícil manter atitudes saudáveis, como por exemplo: comer de forma balanceada nas refeições, conseguir realizar os lanches intermediários, além de não ficar muitas horas sem comer.

É comum encontrar pessoas que não tem horário fixo para se alimentar, substituindo as refeições principais por lanches ricos em calorias e gorduras ou consumindo, durante o dia, guloseimas, refrigerantes, petiscos, etc.
Para começar a se educar, é preciso dedicar uma parte do tempo, pelo menos 20 minutos, às refeições principais (café da manhã, almoço e jantar), de preferência em ambiente tranqüilo. Comer em frente ao computador é um erro, pois dessa forma você não tem controle do que está comendo e acaba extrapolando.

 

Quanto aos lanches da manhã e da tarde leve de casa opções práticas. Para os que tem geladeira no local de trabalho, as opções são maiores, mas para os que não tem também é possível, exemplos: biscoito água e sal, fruta, iogurte, bebida à base de soja, biscoito maisena, torrada, suco de fruta, saquinhos de chá, biscoito doce (aveia, leite, mel), barra de cereais, frutas secas, pães integrais, etc.


O importante é não passar muito tempo sem se alimentar para evitar descontroles na refeição seguinte. Evite, também, render-se às guloseimas oferecidas pelos companheiros de trabalho.
Com relação às refeições principais, não deixe de fazê-las diariamente, de forma adequada, procure encontrar uma maneira que se encaixe na rotina diária. Se você tem o hábito de freqüentar restaurantes por quilo é uma ótima opção.
Coloque sempre no seu prato: cereais (arroz, batata, macarrão), leguminosas (feijão, lentilha, grão de bico), uma opção de carne menos gordurosa e sempre opte por grelhada, assada ou cozida, verduras e legumes, sem abusar dos molhos à base de maionese, prefira azeite para temperar.


Eventualmente, quando optar pelo serviço "delivery", procure dentro do possível escolher o que é mais saudável e não faça disso uma rotina. É preferível que prepare um lanche em casa e leve para comer no horário do almoço.


O cafezinho é permitido, mas cuidado com a quantidade, não esqueça que o açúcar é o problema, pois fornece muitas calorias. Além disso, a cafeína em excesso também é prejudicial, por isso, não ultrapasse até 3 xícaras por dia, certo?
Espero que aproveitem as dicas e comecem desde já a ter bons hábitos alimentares, o esforço valerá a pena.

 

FONTE: http://cyberdiet.terra.com.br/

2 comentários:

  1. Aconselho aqueles que recomendam o uso de soja e seus produtos, consultarem revistas "científicas" e não artigos pagos pela industria da soja. Os perigos são tão graves que diversas entidades médicas recomendam distância dos pratos contendo soja ou seus produtos. Outras instituições como a American Heart Association e American Stroke Association, que na década de 90 recomendavam o consumo de 25 g de proteína de soja, agora se desculpam pelo equívoco e voltam atrás. Comissão do Senado da Alemanha, Sociedade Americana de Pediatria, Sociedade Canadense de Pediatria, Soc. Norteamericana de Hematologia, Gastroenterologia e Hepatologia desaconselham o uso da soja. Várias entidades oncológicas fazem o mesmo.
    Se quiserem uma lista com 600 a 800 artigos científicos das 30 mais respeitadas revistas científicas da área médica, podem me solicitar que retorno as informações com prazer (leomatos51@yahoo.com.br).

    ResponderExcluir
  2. Bem pessoal, mais uma fonte pra pesquisa! Creio que temos que nos manter sempre informados e procurar pesquisar bem todas as informações que nos apresentam. Obrigada pelo comentário.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...