quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Fique de olho nas calorias dos líquidos

O problema é que a maioria das dietas só leva em conta o que comemos e muitas vezes esquecemos também de contabilizar o que bebemos

Fique de olho nas calorias dos líquidosPOR ISABELLE LINDOTE

Beber durante as refeições é uma prática comum pela maioria dos brasileiros. Porém, você sabia que a ingestão de líquidos, principalmente gasosos, dilata o estômago e dificulta a digestão?
“A ingestão de bebidas gaseificadas aumenta a área gástrica e, com a capacidade do estômago aumentada, é preciso comer mais para sentir saciedade. Isso interfere diretamente na dieta de qualquer pessoa. O ideal é ingeri-los até 15 minutos antes ou apenas 2 horas após as refeições. Restrinja o volume a, no máximo, 200 ml”, sugere a nutricionista Juliana Pansardi, da Clínica Corpore (PR).
Para quem está de dieta e não abre mão da bebida alcoolica, Daniel Magnoni, cardiologista e nutrólogo do Hospital do Coração de São Paulo (HCor), avisa: “As bebidas alcoolicas possuem sete calorias por ml. Se o carboidrato, considerado o grande vilão das dietas de perda de peso, tem quatro calorias a menos que o álcool, quem precisa emagrecer não pode consumir drinques e afins achando que está imune aos quilinhos a mais”. Por isso, a ordem é, sempre que possível, substituir o vinho, a cerveja ou a caipirinha por um suco natural de baixa caloria.

LÍQUIDOS EM PRIMEIRO LUGAR
Marina Luiz, 32 anos, faz parte do time das pessoas que não abrem mão de um refrigerante nem de um drinque na balada. “Controlar a alimentação já é uma tarefa difícil, não poder ao menos tomar algo gostoso é muita tortura!”, desabafa a mineira. “Quero perder dois ou três quilos, como toda mulher, mas se for para abandonar minha caipirinha, prefiro manter meus pneuzinhos onde estão”.

Fique de olho nas calorias dos líquidos

BEBIDAS LIBERADAS

Na opinião da nutricionista Daniella Camargo (SP) o ideal seria a pessoa não beber nada ou preferir sucos de frutas, principalmente os cítricos, porque auxiliam na absorção de ferro. “Na pior das hipóteses, recomendo a ingestão de água, que não tem calorias e não engorda”.
Então, quais líquidos estão liberados para o consumo? Água, chás de ervas sem cafeína, sucos diluídos em água e pouco calóricos, como limão, acerola, morango, abacaxi, caju, manga, maracujá, pêssego, tomate fresco, pitanga e melancia. Entre os sucos que devem ser consumidos com moderação, estão os de framboesa, graviola, groselha, cacau e laranja, além das vitaminas de frutas com leite e a vitamina de abacate.
Para a nutricionista Patrícia Ramos, do Hospital Bandeirantes (SP), não é difícil manter uma dieta líquida saudável. “Deixe para o fim de semana o consumo de sucos industrializados já adoçados e refrigerantes”, diz a especialista.
Bruna Dialli, especialista em nutrição da Clínica Biodiet (SP), alerta: “Lembre-se que a bebida não sacia, seja ela qual for. Em vários casos, a ingestão aumenta o apetite. Muitas pessoas seguem uma dieta alimentar, mas se perde nas calorias dos líquidos”.
Há também outras bebidas que fazem muito bem à saúde e que não costumam ser levadas em conta, como leite e iogurtes. “Eles contêm cálcio e vitaminas, e fazem bem aos ossos e dentes”, explica Juliana Pansardi. “Se for tomar líquidos junto às refeições, como um hábito, modere a ingestão a apenas um copo tipo americano. Tomar suco natural e não refrigerantes é uma boa troca, pois esses últimos possuem calorias vazias, enquanto um copo de suco oferece muitas vitaminas e sais minerais”, finaliza.

 

Fonte: http://itodas.uol.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...