quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Neurose engorda

Ficar contando calorias, pensar no jantar em pleno almoço e correr o supermercado decifrando os rótulos de cada produto estressa e pode engordar

Por Renata Rode

Você resolveu começar uma dieta e está toda empolgada contando as calorias que consome. Tudo bem enquanto isso não for algo que toma seu tempo e torra seu cérebro. Ou seja, enquanto for um hábito saudável e você não deixar de participar de programas sociais por causa disso, pode se considerar uma mulher normal. Mas se começar a ficar neurótica com a balança, esqueça. Seu antídoto contra os quilos a mais pode virar contra você, sem que perceba. Por isso, muitas pessoas que seguem rigorosamente a dieta, muitas vezes, não conseguem perder gramas.


Quando a pessoa está com o emocional muito alterado, sua glândula supra renal libera cortizol na corrente sangüínea. Essa substância faz com que a pessoa engorde sem comer em grande quantidade. Além do fator hormonal, há outro ponto muito importante quando falamos em ganhar peso ao preocupar-se demais com a dieta alimentar: o controle do impulso compulsivo. “Comer é um prazer e se a pessoa não está bem por algum motivo, ela utiliza essa sensação de bem-estar ao comer como uma substituição. Passa a comer de forma emocional e não fisiológica”, explica a nutricionista Claudete Rocha Luz. “A diferença é que uma pessoa em estado ‘normal’ come corretamente, em horários adequados e guiados pela necessidade do organismo. A compulsiva sente necessidade de comer o tempo todo, não importa o que e geralmente em grande quantidade”, diz a especialista.


Além disso, o estresse pode fazer você aumentar o número de seu manequim. “O estresse pode alterar o peso, o sono e a pressão arterial, inclusive, causando diversas doenças recorrentes”, diz Ana Paula Ragonlia, endocrinologista da Clínica Cirúrgica Plástica e Beleza. Algumas pessoas quando muito ansiosas engordam e outras, emagrecem. “Há relação de ansiedade com alguns hormônios que podem alterar o peso, a pressão arterial e até manifestar doenças após um estresse”, revela a médica.


Nem neurótica, nem compulsiva


Não adianta também sair por aí achando que é só desencanar do regime, comendo de tudo e ficando feliz. Claro que se você comer sem parar, não praticar atividade física e exagerar nas quantidades, vai engordar. Aliás, também comer por felicidade apenas, também faz você aumentar a circunferência corporal, viu?
Ser compulsivo atrapalha não só a vida social e o controle sobre o peso na balança. Na verdade, esse estado faz com que qualquer dieta não dê certo. Por isso, algumas pessoas compulsivas não conseguem se livrar do efeito sanfona. “O paciente compulsivo precisa de um tratamento multidisciplinar que conta com a ajuda de um nutricionista, um endocrinologista e um psicólogo”, explica Claudete.

Dicas práticas:

- procure diagnosticar quando você come por fome ou por vontade

- não passe vontade, se está com desejo de comer um doce, coma, mas em pouca quantidade e use a lei do equilíbrio

- se exagerar no almoço, pegue leve no jantar

- para controlar a ansiedade, escolha atividades como ioga ou pilates, assim você troca o prazer de comer pelo bem-estar do seu corpo

- divirta-se, se produza e seja feliz! seu corpo vai agradecer!

 

FONTE: http://itodas.uol.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...