segunda-feira, 16 de novembro de 2009

As verdades sobre dietas e exercícios mudaram!

 

Nos últimos 20 anos alguns conselhos que ouvimos dos endocrinologistas e dos educadores alimentares sofreram fortes transformações. Descubra como elas podem te ajudar!

Por Laís de Castro

Escolhemos as cinco mudanças mais polêmicas do comportamento dos médicos e dos educadores físicos e revivemos. Estas mutações são naturais em todas as disciplinas e procedimentos que existem. Trata-se de um processo gradativo da evolução científica, aplicado ao dia-a-dia e dito de uma maneira leiga. Veja, segundo o Dr. Alfredo Halpern, (endocrinologista e professor livre-docente do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo) como eram as prescrições anteriores e quais são as atuais.

Medioimages/Photodisc / Getty Images              

ANTES Fique longe da balança se você está tentando perder peso

HOJE Você pode pesar-se sempre que quiser. Claro que não vai subir 30 vezes por dia na balança. Mas não é proibido saber seu peso. Até vale a pena, porque pode acompanhar sua dieta. Faça isso também com suas roupas, que vão ficando mais folgadinhas... Agora, se alguém disser que não está emagrecendo porque está queimando gorduras e ganhando massa muscular, desconfie. "Uma mulher pode ganhar ½ quilo de massa muscular caso ela trabalhe com pesos, durante um mês, todos os dias, em exercícios pesados" diz o Dr. Alfredo Halpern. Considerando que você não é uma fisioculturista, não acredite que novos músculos estão tomando o lugar de velhas gorduras. O médico avisa: "algo mais está sabotando seu regime". O melhor, de uma dieta, é ver o ponteiro da balança ir descendo.


Faça assim
: pese uma vez por semana, no mesmo dia, na mesma hora, com a mesma roupa.


ANTES

Você precisa submeterse a um exame físico completo todos os anos

HOJE Essenciais: mamografia, exames ginecológicos e de sangue (com níveis de colesterol) devem ser feitos, dependendo de seu histórico familiar de saúde, idade e estilo de vida. De resto, é preciso muito pouco. Isso não significa que você deve esquecer que seu médico existe. Não confunda a necessidade de visitá-lo uma vez por ano com a de fazer um check-up anual. O médico vai tirar sua pressão, fazer um exame clínico total, olhar seus olhos e conversar sobre tudo o que você sentiu durante 12 meses. E decidir se esta visita clínica é suficiente ou não. O exame físico total não é obrigatório. Portanto, não se assuste caso não seja solicitado.

ANTES Tomar litros e litros de água por dia vai ajudar a emagrecer mais depressa

HOJE "Não há nenhuma evidência científica de que beber água sem parar auxilia emagrecer ou preencher seu estômago de tal maneira que o faça perder a fome", explica o endocrinologista Alfredo Halpern. "Seu corpo não recebe esse líquido como se fosse alimento e tampouco há água no mundo que diminua o apetite", diz ele. Portanto, você precisa estar bem hidratada, mas nunca deve confundir água e alimento. As mulheres necessitam de cerca de 8 copos de líquidos por dia, mas 20% dessa quantidade pode ser adquirida (e assim é) por meio da alimentação: frutas, legumes, verduras e grãos (como laranjas, ou feijão, por exemplo) fornecem líquidos ao organismo, devem ser levados em consideração.

"Não há nenhuma evidência científica de que beber água, sem parar, preencha o estômago de maneira que faça alguém perder a fome"
(Dr. Alfredo Halpern, endocrinologista de São Paulo)

ANTES Para evitar lesões, faça alongamento antes do seu exercício físico

HOJE Essa é a maior de todas as polêmicas. Segundo o Dr. Halpern, ninguém quer dizer que o alongamento deve ser descartado. "No entanto, alongar um músculo frio é bastante perigoso e pode causar dores e estiramentos. Portanto, faça seu alongamento integral depois dos exercícios e não antes".

Para alongar antes, proceda da seguinte forma: aqueça, com exercícios de baixo impacto, durante cinco minutos, seus músculos. Em seguida, pode alongar os três maiores grupos musculares não mais do que três vezes. Nada mais. Encare a ginástica que faz habitualmente e depois, sim, pode alongar à vontade.


ANTES

Para queimar o máximo de calorias e gordura, exercite-se no limite extremo que seus testes permitirem

HOJE Existem maneiras mais eficientes de perder peso e gordura. A melhor estratégia é fazer o que se chama Interval Training (ou treino intercalado), variando constantemente a intensidade de seus batimentos cardíacos durante os exercícios. Trabalhe moderadamente durante três minutos, volte ao máximo permitido pelos seus testes. Permaneça três minutos e volte a moderar após três minutos. Faça isso durante 20 a 30 minutos. Ele explica: por exemplo, você queima 400 calorias trabalhando no seu limite máximo permitido. Se trocar esse trabalho monótono por um circuito intercalado, vai queimar 100 calorias extras nas horas seguintes (depois de já estar parado). Isto acontece porque seu corpo precisa dar um duro danado para voltar ao estado de repouso natural, após tantas variações realizadas ao longo dos exercícios.

Fonte: Revista Dieta Já / Ed. 117

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...