quinta-feira, 4 de março de 2010

Emagrecer? é batata!

 

Conheça a essência de um ingrediente natural que promete aumentar a saciedade e driblar a fome. Você vai se surpreender...

Você deve estar se perguntando como algo extraído da batata (considerada um dos vilões de qualquer dieta) pode, de uma hora para outra, transformar-se num ingrediente que ajuda na perda de peso. O segredo está num componente ativo capaz de estimular a produção do hormônio CCK (colecistoquinina), responsável pela sensação de saciedade. Esse ativo diminui o apetite em cerca de 30% . "Mulheres com episódios de compulsão alimentar (como ocorre na TPM, por exemplo) já chegam às refeições saciadas, pelo uso do Slendesta (nome comercial do ativo)", diz Marcia J. Kelman, endocrinologista e homeopata da Clínica Biodiet (SP). "Além disso, controlar a quantidade de comida que vai ao prato, sem ficar com fome, faz com que a dieta não seja um sacrifício", pondera.

Mas não é só essa qualidade que tem feito do ingrediente um sucesso: ele também ajuda a reduzir medidas. Segundo dados observados num estudo feito pelo laboratório fabricante, os participantes perderam, em média, 5,5 kg, e tiveram reduções de 6,5 cm na cintura e de 4 cm no quadril, resultados atingidos em 12 semanas.

Na Europa e nos Estados Unidos, o ingrediente pode ser encontrado na composição de alimentos que saciam a fome, como em barrinhas de cereais

Sem pressa, e com critério

Estudos indicam que o produto não apresenta efeitos colaterais conhecidos nem contraindicações, por ser um ativo natural. "O ingrediente não interage com o sistema nervoso central. Ele apenas estimula a produção do hormônio CC K pelas células do intestino e, com isso, influencia uma viagem mais rápida desse hormônio ao cérebro, dando a sensação de saciedade", explica Diogo Martins, farmacêutico e diretor comercial da empresa fabricante do produto. Porém, nem por isso sua venda é liberada.

Ao contrário: ele é comercializado apenas em farmácias de manipulação, e mediante prescrição médica. Para Filippo Pedrinola, endocrinologista e membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), os estudos científicos publicados realmente demonstram o efeito de saciedade induzido pela composição. "Acredito que a substância possa ser uma nova promessa para integrar o arsenal terapêutico, mas necessita de avaliação cuidadosa.

A melhor receita para o sucesso contra os quilos extras ainda é buscar ajuda profissional, investir em bons hábitos alimentares, atividade física regular e administração das emoções, fatores fundamentais para promover perda de peso saudável e manter a forma física", aconselha o médico. Vale ressaltar que o Slendesta tem o selo de aprovação do FDA (Food and Drugs Administration), órgão máximo regulador de medicamentos nos Estados Unidos. No Brasil, a novidade ainda está sendo analisada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

 

 

Fonte: Revista Corpo a Corpo, Ed.248 / 2009.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...