quinta-feira, 1 de julho de 2010

Acredite em você!

Segue abaixo uma grande matéria do site da revista “Boa Forma”. Espero que vocês gostem!

NÓS, MULHERES!
Autoconfiança, já!

277-moca-gritando Ninguém precisa ter um corpo de deusa para se destacar na multidão, fazer malabarismos na cama a fim de agradar o parceiro nem levantar a voz se quiser ser ouvida em uma reunião de trabalho. No amor, na profissão ou na frente do espelho, o sucesso e a felicidade que alcançamos são diretamente proporcionais à confiança que temos em nós mesmas – e que é capaz de transformar a imagem que o mundo vê da gente. Duvida? Então acompanhe nossas ideias de como turbinar a autoestima e ganhar segurança para chegar aonde você quiser.

Menos tensão, mais diversão

Tem mulher que acha que, para fazer bonito na cama, só tendo um corpo perfeito ou fazendo posições dignas do Kama Sutra. Foi o que mostrou uma pesquisa do Datafolha, que revelou que 53% das mulheres têm como a maior preocupação na hora do sexo o medo de não agradar o parceiro e 38%, o de ele a achar gorda. Relaxe. É claro que se sentir bem com o corpo é fundamental e que sair da rotina é sempre bom, mas nada disso garante o prazer nem vai assegurar o futuro da relação. Por isso, deixar de aproveitar o momento a dois pensando se ele vai notar que você engordou ou que tem celulite não vale a pena. Até porque, se você perguntar, vai ver que boa parte dos rapazes nem sabe o que é celulite. Seja com o seu companheiro de anos ou com um gato novo, a fórmula para o sexo ser bom combina vontade, intimidade e descontração. “Isso você só consegue quando não está preocupada com o julgamento que o outro vai fazer do seu corpo ou do seu desempenho”, fala a ginecologista e terapeuta sexual Franciele Minotto, especialista em sexualidade humana pela Universidade de São Paulo (USP). Em vez de enxergar o corpo como obstáculo para o prazer, o melhor é usá-lo a seu favor.
Uma dica é escolher posições que a deixam à vontade e, de quebra, desviam a atenção de alguma parte do corpo que a incomoda. Para disfarçar a barriguinha, por exemplo, tente a posição de bruços, com ele por trás. Se tem quadris grandes, a clássica papai e mamãe não vai deixá-lo notar. Conhecer o próprio corpo, sem medo de se masturbar e se olhar, também ajuda a descobrir o seu prazer e tem papel-chave no sexo. Aí, fica fácil agradar o outro e se divertir na cama. Da próxima vez que o clima esquentar, deixe as neuras do lado de fora do quarto (ou de onde quer que você vá transar). E não se esqueça: autoconfiança é sexy.

Encontre a sua beleza

Hoje é possível transformar o que a gente quiser no visual: o cabelo, com escova, o corpo, com tratamentos estéticos e plástica, o rosto, com cirurgia... Apesar de aliados da autoestima, esses recursos requerem dinheiro, tempo e coragem, já que alguns envolvem riscos e dor. Isso sem falar na manutenção... Como o ideal é ficar bonita sem prazo de validade, que tal agradecer o que a natureza lhe deu e encontrar maneiras de usar tudo com o mínimo de artifícios possível? Até porque beleza não se limita a estética. “Bom humor, simpatia e atitude também contam para valorizar o que uma mulher  tem de belo”, fala o psicoterapeuta e consultor da BOA FORMA Marco Antonio De Tommaso.
“Busque  essas qualidades em você para levantar a autoestima. Garotas autoconfiantes se aceitam e sabem
conviver com o que não podem (ou não precisam) mudar.”

O poder da maquiagem

A gente adora se produzir e (oba!) o que não falta são produtos para nos ajudar nessa brincadeira. Ainda bem, afinal qualquer mulher fica mais bonita com a pele bem tratada, um rímel e uma corzinha nos lábios, concorda? “Sem falar que o make ajuda a corrigir imperfeições e a realçar os pontos fortes de cada uma”, fala Vanessa Rozan, maquiadora do programa Esquadrão da Moda, no SBT, e dona do Liceu de Maquiagem, em São Paulo. Ficou com vontade? Você pode aprender truques valiosos para a sua beleza fazendo um curso de automaquiagem, explorando cores e efeitos na sua pele ou trocando dicas com aquela amiga que sabe tudo de make.

Cabelo é poder
Isso é tão verdade que uma pesquisa sobre o tema comprovou: 87% das mulheres se sentem mais seguras e abertas a oportunidades quando o cabelo está bonito. Nessa hora, ser curto ou comprido, liso ou cacheado, moreno, loiro ou ruivo importa menos do que ser bem cuidado. Tem mais: o cabelo deve refletir a sua personalidade e combinar com a sua encontre beleza o seu estilo. O que adianta adotar a escova e, nesse calorão, não poder lavar a cabeça com medo de perder o efeito? Ou virar loira se a sua rotina é tão corrida que não sobra tempo para retocar a raiz?

Para quem não abre mão de mudar, aí vão três sugestões:
• Não faça uma mudança radical se não estiver bem consigo mesma – depois de terminar um namoro ou perder o emprego, por exemplo. Levada pela emoção, o risco de você se arrepender no dia seguinte (e ficar mais deprê ainda) é grande.
• Procure um profissional de confiança, que, além da técnica, tenha noção do que vai combinar com seu tom de pele, formato de rosto e personalidade.
• Leve em conta a manutenção do corte e da coloração para que a mudança dure sem dar trabalho.

Defina o seu estilo

O melhor conselho para ficar segura dentro das suas roupas é simples e você já deve ter escutado: vista o que a faz se sentir bem, combina com seu tipo físico e seu estilo de vida. Se você se sente baixinha de calça boyfriend, fique tranquila para continuar com seu corte sequinho. “Mais do que se preocupar em esconder o que não está legal, procure valorizar o que tem de bonito”, fala a personal stylist Fernanda Resende, do site Oficina de Estilo. A barriguinha incomoda? Esqueça-a um pouco e dê destaque ao colo ou aos braços. E adote medidas práticas para ter confiança diante do guarda-roupa: em vez de quantidade, aposte em poucas peças versáteis e poderosas – um salto alto confortável, um vestido charmoso, um jeans que veste como uma luva. Sabendo escolher, você fica sempre linda!

Na carreira, valorize o seu passe

Haja desafios para a mulher de hoje vencer quando o assunto é carreira: a competição, a cobrança para ser respeitada em certas áreas, a necessidade de conciliar trabalho, casa e família... Para enfrentar tudo isso sem ficar louca – ou, no mínimo, estressada –, só sendo muito segura. “A autoconfiança é uma espécie de colete salva-vidas contra os principais fatores de stress”, afirma a psicóloga Ana Maria Rossi, presidente da International Stress Management Association (Isma-BR). “Sem ela, a profissional pode naufragar do ponto de vista psicológico.” O primeiro passo para se sentir segura na profissão é gostar do que se faz, o que é possível ainda que você não tenha exatamente o emprego dos sonhos. Como? Procurando se aperfeiçoar sempre dentro da área em que atua. E isso não vem só dos livros.

Confira algumas dicas. 
• Aceite os desafios: por mais assustadores que possam parecer, à medida que vão sendo vencidos e os resultados aparecem, você se sente mais poderosa e autoconfiante.
• Encare os erros: quando cometer algum deslize, o primeiro passo é reconhecê-lo,escondê-lo, nem pensar. Daí, encontre maneiras de reparar o estrago. Dependendo do tamanho dele, pode ser difícil  encarar os colegas e o chefe por algum tempo. Mas jamais abaixe a cabeça ou se faça de vítima. Na medida do possível, fazer piada da sua gafe pode até ajudar a desanuviar o ambiente.
• Reafirme seu poder: quando bater a insegurança, faça o exercício de colocar no papel três conquistas que já obteve na carreira. Trazê-las de volta vai resgatar a confiança na sua capacidade.
• Corrija a postura: um estudo da Universidade de Ohio, nos Estados Unidos, comprovou que sentar-se com a coluna ereta durante o trabalho torna você mais assertiva e induz a adotar pensamentos confiantes.
• Dê sua opinião: não se trata se sair falando sem ser perguntada, mas de se pronunciar quando julgar que tem algo a acrescentar. A timidez impede? Pare e organize os pensamentos, se necessário anotando-os. Isso vai guiá-la caso bata o nervosismo e ajudar a falar com firmeza. Não sabe se é a hora? Pergunte à intuição. Ela dificilmente falha.

 

Fonte: Por Marcia Di Domenico – Site da revista “Boa Forma”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...