sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Culinária Light - Pavê de chocolate

 

Você é capaz de pular o prato principal só para ter direito ao tradicional pavê de chocolate? É uma boa solução! Mas existe outra maneira de compensar as calorias: trocar os ingredientes mais calóricos da receita por opções light, como sugerimos aqui. Assim dá para você comer outras delícias.

pave-chocolate

 

Ingredientes

1 lata de leite condensado light
2 col. (sopa) de cacau em pó
1 col. (café) de pimenta dedo-de-moça sem a semente picada (opcional)
1 pacote de biscoito champagne
2 copos (440 ml) de leite desnatado
1 lata de creme de leite light
1 col. (café) de adoçante culinário

Mode de fazer

Numa panela, coloque o leite condensado, metade do leite e o cacau. Leve ao fogo brando e mexa até formar um creme homogêneo. Deixe amornar e junte o creme de leite delicadamente. À parte, misture o restante do leite, o adoçante e a pimenta (opcional) e umedeça os biscoitos. Numa travessa pequena ou em taças individuais, intercale camadas do biscoito e do creme, finalizando com o creme. Leve à geladeira até endurecer. Decore com morangos ou cerejas frescas.

Tempo de preparo: 40 minutos
Rende: 15 porções
Calorias por porção: 190 (o tradicional tem 240)

 

 

Fonte: http://boaforma.abril.com.br/

 

Hidropilates - Conheça a atividade refrescante que tonifica o corpo e melhora a postura

 

Muita gente diz que é moleza e que praticar Pilates é fácil, uma atividade para quem não gosta de se exercitar. Tenho certeza de que essas mesmas pessoas iriam achar que o hidropilates é brincadeira de criança, já que, dentro da água, os exercícios são levíssimos e o impacto é quase nenhum.

Pilates e Hidropilates, tanto um quanto o outro têm como objetivo obter condicionamento físico, com autocontrole, boa capacidade de respiração, postura correta e articulações saudáveis, tudo isso sem fortes impactos. Só que o pilates é de fato mais “pesado”. Depois de dois meses de prática, já temos os músculos firmes.

O hidropilates também é voltado para a organização do corpo e da respiração. Mas, por ser mais leve, ele faz com que o praticante saia da água com a mente e músculos relaxados.

Não há restrições e limite de idade para se praticar hidropilates. “Não há contra-indicações, nem para pessoas com idade avançada, portadoras de deficiências ou limitações que dificultam o alongamento e o equilíbrio. Com o hidropilates, os exercícios que não seriam possíveis para algumas pessoas, podem ser realizados. O hidropilates só traz benefícios, relaxa, aumenta a flexibilidade e o controle do corpo, e trabalha a musculatura, sem sobrecargas no organismo.

 

Veja abaixo vídeo de demonstração de exercícios de Pilates dentro d’água, técnica nova conhecida como Hidro Pilates ou Water Pilates.

 

 

Fonte: http://www.revistapilates.com.br/

Alimentação correta para quem pratica exercícios

 

Apesar da prática da atividade física ser recomendada de uma forma geral, a maioria das pessoas que pratica tem um objetivo específico. Uma dúvida comum é a alimentação antes e depois dos exercícios. Para quem quer perder ou ganhar peso, essa é uma observação muito importante. Assista na reportagem do Vida e Saúde como, quando e o que comer para conseguir o resultado.

 

Conheça o fitness aquático

 

O fitness aquático é indicado para quem tem problemas com atividades de alto impacto e que trazem problemas para o joelho, a coluna e as articulações. Os equipamentos ficam no fundo de uma piscina. Assista à reportagem exibida no programa Vida e Saúde de Santa Catarina em 28/11/2009.

Culinária Light - Lasanha Vegetariana

 

lasanha_vegetariana

1 porção = 215 g
número de porções = 8

Valor nutricional e calórico
por porção

calorias = 210 kcal
carboidratos = 21.7 g
proteínas = 11.1 g
lipídios = 9.4 g

Ingredientes

- 1 pacote de lasanha pré-cozida
- 1 ½ cenoura ralada
- ½ maço de acelga cortada em tiras
- 1 cabeça de couve-flor
- 1 cebola ¼ pimentão vermelho
- 400 ml de molho branco
- parmesão ralado a gosto

Modo de Preparo

Refogue todos os legumes. Num pirex untar com molho branco. Coloque a massa de lasanha. Depois coloque o molho branco, depois os legumes refogados, mas uma camada de massa. E segue essas camadas. Feche com massa de lasanha e coloque molho branco. Salpique o parmesão ralado em cima e asse no forno até gratinar o molho. Sirva a seguir.

Emocional - A mente a favor do emagrecimento.

 

psy_mente

Emagrecer: use a mente a seu favor


Emagrecer com saúde, conforme se sabe, exige mais do que alimentação equilibrada e exercícios físicos. O sono de boa qualidade também é muito importante. Durante o repouso noturno, principalmente nas fases mais profundas do sono, ocorre a síntese de vários hormônios associados ao controle do peso.

 

O equilíbrio emocional é o fator decisivo, pois cria as condições para viabilizar as ações que favorecem o emagrecimento. Algumas pessoas sentem fome antes que as demais ou levam mais tempo para se saciar. Outras possuem o hábito de beliscar ou comer por motivos puramente emocionais.

Muitos não percebem que para melhorar a forma física pode ser necessário mudar o estilo de vida, pelo menos no que se refere à alimentação.

Estar acima do peso adequado pode gerar vários sentimentos negativos, como frustração, depressão, desapontamento ou baixa auto-estima. A situação pode se complicar, porque esses sentimentos geralmente despertam o desejo de comer mais.

Uma pessoa engorda porque consome mais calorias do que gasta. Há algumas poucas exceções, que decorrem de problemas físicos ou metabólicos. A verdade é que o excesso de peso não acontece de maneira rápida e sem o próprio consentimento. Da mesma forma, só é possível emagrecer com um esforço consciente. Assim é importante descobrir o motivo de desejar comer mais do que o necessário.

Quando há uma fase difícil na vida pessoal ou profissional, é necessário dar muito mais atenção às emoções. Só quem está bem emocionalmente consegue alterar sua rotina e cumprir metas transformadoras.

É normal não ter ânimo para mudar hábitos à mesa. Como conseguir viver sem batata frita, brigadeiro ou pastel? O sentimento gerado com esse tipo de pensamento é o de perda. Assim, é grande a dificuldade para iniciar ações concretas para a reeducação alimentar.

Vencerá quem se concentrar nos ganhos que poderá obter com hábitos saudáveis de alimentação. Imagine como sua pele ficará mais bonita, os quilos que perderá e como aumentarão sua disposição e auto-estima. É sempre bom lembrar que para uma alimentação saudável é mais importante controlar do que cortar o que se come.

Um pastel ou um pedaço de bolo de chocolate, de vez em quando, não causam grande prejuízo. Afinal, ninguém é feliz quando exclui de sua vida aquilo de que gosta. O segredo está na dosagem certa.

Às vezes o resultado de nossas ações fica muito aquém do que esperávamos. O que fazer? Desistir logo na primeira dificuldade é a pior opção a fazer. Se o programa de alimentação está sendo penoso, algo está errado. É melhor expor os problemas à sua nutricionista, para que sejam feitos os ajustes ou mudanças que facilitem o cumprimento do programa. Sempre há outras opções.

Não desista dos seus objetivos, por mais difíceis que pareçam. Melhore seu auto conhecimento e descubra o que precisa ser mudado para se alimentar de forma equilibrada e saciar suas necessidades físicas e emocionais. Sim, necessidades emocionais, pois o alimento está ligado ao sentimento de prazer... e é aí que mora o perigo!

 

 

 

Fonte: Coluna assinada por:
Flávia Leão Fernandes
http://cyberdiet.terra.com.br/

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Culinária Light: Bolo Salgado de Camarão Light

 

bolosalcamarao

1 porção = 60 g (1 unid.)
número de porções = 22

Valor nutricional e calórico
por porção

calorias = 89 kcal
carboidratos = 8.3 g
proteínas = 6.22 g
lipídios = 3.42 g

Ingredientes

- 4 colheres (sopa) de margarina light
- 4 gemas
- 4 claras em neve
- 1/2 xícara (chá) de leite desnatado
- 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
- 1 colher (sopa) de fermento em pó
- 1 pitada de sal
Recheio
- 3 tomates médios picadinhos sem sementes
- 1 cebola média picadinha
- 2 dentes de alhos socados
- 300 gramas de camarão médios temperados e cozidos
- orégano e salsinha a gosto
- 100 g de requeijão light
- 1 colher (sopa) de azeite
- sal e pimenta a gosto.

Modo de Preparo


Bata a margarina light e as gemas. Adicione o leite, intercalando com os ingredientes secos. Junte as claras em neve e misture. Despeje a massa na forma untada e polvilhada. Junte o refogado e cubra com o requeijão light. Asse em forno pré-aquecido (200ºC) por 30 minutos aproximadamente ou até dourar. Corte em quadrados.
Modo de preparar o recheio
Refogue o alho e a cebola no azeite. Misture os tomates, o camarão, a salsa, orégano, sal e pimenta. Deixe descansar por 10 minutos e passe por peneira, para retirar o líquido formado.

Revista Veja | 17 de Fevereiro de 2010 | Edição 2152 - Especial Dieta: como perder e manter o peso

 

veja4

Formato: PDF
Tamanho: 26 Mb
Download Big&Free
Download Megaupload

 

FONTE: http://www.kotonette.com/

Livro: O Livro das Dietas - Isabel Do Carmo

 

 

 

O ser humano é uma máquina que, como qualquer outra, necessita de energia para desenvolver as mais diversas actividades - trabalhar, praticar desporto, andar, falar, dormir, etc. É principalmente através da alimentação que conseguimos obter a energia de que precisamos.
Mas, antes de começar uma dieta para tentar perder alguns quilinhos supérfluos, é importante conhecer certos mecanismos orgânicos. De entre todos, os processos metabólicos revestem-se de especial interesse, quando falamos de regimes alimentares.
Quer a energia que provém da alimentação quer aquela que gastamos para executar as diversas actividades do nosso dia-a-dia são medidas em unidades, ás quais se convencionou chamar quilocalorias ( apesar de vulgarmente o termo caloria ser utilizado como equivalente de quilocaloria, a verdade é que esta última unidade representa 1000 calorias).
É de realçar que o consumo de energia aumenta tendo em conta diversos factores, quer de ordem física quer psicológica -como o esforço, a doença, a fadiga, o medo, a ansiedade, a depressão ou o stress.

É um tipo de guia para uma alimentação saudável. Entre outras coisas, falamos sobre os Nutrientes, os Grupos e os valores nutricionais e calórico dos alimentos, sobre os bons e os maus alimentos e sobre o combate à celulite e à obesidade. Ensinamos também a organizar dietas alimentares equilibradas e a perder alguns quilos em poucos dias; damos receitas para manter ou obter uma boa forma física; falamos dos alimentos a evitar quando está de férias em alguns países, os exercícios físicos mais adequados, etc... Este livro contou com a revisão técnica da Profª Isabel do Carmo.!


Servidor: EasyShare
Idioma: Português
Tamanho: 105 kb
Formato: .Rar
EasyShare

 

FONTE:  http://revistariafree.blogspot.com/

 

 

Revista Viva Mais - 540 - 05 de fevereiro 2010

 

 

Viva.Mais_540_05-02-2010


Créditos: Rafaela Bueno
15mb | pdf | Pg 35 => Megaupload | Rapidshare | Uploading | Easyshare

 

Fonte: http://www.banca-de-revista.com/

 

Ração humana!

Suplemento nutricional natural a base de cereais integrais e de quinua real que promete reduzir 8 kgs em um mês!

A Ração Humana tem ganhado destaque na mídia por ser aliada no processo de emagrecimento, isso porque em sua composição encontramos vários ingredientes que ajudam na redução de peso.
Basicamente, encontramos na Ração Humana: quinua, agar agar, aveia em flocos, cacau em pó, farelo de aveia, fibra de trigo, farinha de arroz integral, fubá de milho branco, farinha de soja, gergelim, gérmen de trigo, guaraná em pó, levedo de cerveja, semente de linhaça e açúcar mascavo, todos estes ingredientes são riquíssimos em nutrientes e proteínas.


O consumo da Ração Humana ajuda na redução de colesterol e de glicemia, é fonte de vitaminas do complexo B necessárias para o processo de queima de gordura, rica em fibras e antioxidantes, auxilia na melhora da disposição, não somente por causa das vitaminas, mas também por causa do guaraná, além de ser uma fonte interessante de proteína também. Riquíssima em fibras, ajuda também a prolongar a saciedade e assim facilitar o controle alimentar.


A dica é consumir de 2 a 3 colheres (sopa) batidas com suco de frutas natural, iogurte ou leite de soja ou até mesmo salpicada por cima de uma refeição salgada, misturada à uma sopa ou feijão .

Aprenda a fazer uma receita e veja a opinião de especialistas sobre os efeitos do alimento.
Assista à reportagem exibida no programa Vida e Saúde:

 

 

Fonte: http://www.emex.com.br/

 

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Saúde - As vantagens de incluir o coco em sua alimentação!

 

OS BENEFÍCIOS DO COCO PARA A SAÚDE


Nestes dias quentes de Verão muitas pessoas optam pela água de coco para se refrescar. Mas você sabia que a água de coco além de refrescar e matar a sede, tem minerais e vitaminas que fazem bem à sua saúde?

A água do coco é encontrada em maior abundância no coco ainda verde e as quantidades dos nutrientes variam de acordo com o estágio de maturação da fruta. Quanto mais amadurecido maior a quantidade de gordura e quanto mais verde, maior a quantidade de vitamina C.
Por ser fonte de minerais como sódio e potássio é excelente para o verão, pois repõe rapidamente as perdas desses minerais através da urina e pele, e ainda evita a desidratação. Mas outros minerais são encontrados na água de coco, tais como: cálcio, manganês, magnésio, cobre e ferro.

Entre as vitaminas, em maior quantidade encontramos as do complexo B (B1, B2 e B5), A e C. As duas últimas são consideradas poderosos antioxidantes que atuam na proteção das células contra a ação dos radicais livres.
E não é só isso, a vitamina C atua no sistema imunológico aumentando a resistência contra infecções, colabora com a absorção de ferro no organismo e auxilia na prevenção de câncer de estômago e pulmão.
Apesar dos diversos benefícios em beber água de coco, convém não exagerar na quantidade consumida, pois ao contrário da água natural, a água de coco contém calorias, em média 40kcal por 200ml, o que corresponde a 1 copo.
Mas não é só a água do coco que pode ser aproveitada, a polpa do coco também traz benefícios, devido ao seu alto teor de fibras, auxilia no bom funcionamento do intestino. Mas diferentemente da água de coco, a polpa é extremamente calórica, cada 100g tem aproximadamente 370kcal.

Muito tem se falado também sobre o óleo de coco e seus benefícios para a saúde. Alguns estudos sugerem que o produto passou de vilão para mocinho.

Acredita-se que o óleo de coco tem efeito positivo no aumento dos níveis do considerado “bom colesterol” (HDL) e redução do “mau colesterol (LDL), auxiliando assim na prevenção de doenças cardiovasculares.
Devido a sua alta concentração de vitamina E, também excerce função antioxidante prevenindo contra a ação dos radicais livres.
O óleo de coco extra virgem é o único óleo vegetal que contém alta concentração de ácido láurico, o mesmo presente no leite materno e que fortalece o sistema imunológico. O consumo regular desse ácido protege o organismo contra vírus, bactérias, fungos, etc e ainda ajuda na regularização intestinal, tanto em casos de diarréia quanto prisão de ventre.
Para melhor usufruir dos benefícios do óleo é necessário saber escolher. Os mais indicados são o de origem orgânica e extraídos a frio, os conhecidos como “virgens” ou “extra virgens”.
Mas é importante que fique atento também à quantidade utilizada, pois 1 colher de sopa de óleo tem aproximadamente 120kcal.

Com todas essas vantagens que tal incluir o coco na sua alimentação!

 

Fonte:  http://cyberdiet.terra.com.br/

Recaídas- Você sabe como lidar com os tropeços frente ao emagrecimento?

 

 

EVITANDO AS RECAÍDAS


Ao iniciar um programa de reeducação alimentar geralmente espera-se que a perda de peso se dê de maneira uniforme e não é raro ver pacientes desapontados quando o progresso não ocorre de acordo com o previsto

Momentos de recaída, em que parte do peso perdido é recuperado, são sentidos como fracasso e tendem a desencorajar o paciente a seguir em frente. Para que não se desista de atingir o objetivo do emagrecimento, deve-se buscar compreender os motivos pelos quais as recaídas ocorrem e, sempre que possível, elaborar estratégias para evitá-las.

Nos momentos em que o indivíduo consegue seguir o programa de reeducação alimentar, ele tende a experimentar uma sensação de auto-controle. Esta sensação irá persistir até que ele encontre uma situação de risco, que ameace sua capacidade de comandar o próprio comportamento.

Estudos apontam que entre as principais situações de alto-risco estão os estados afetivos positivos (momentos de alegria e excitação que ocorrem em situações sociais, como festas e reuniões informais) e estados afetivos negativos (momentos de tédio, tristeza e angústia). Quando confrontado com situações de risco, o indivíduo muitas vezes sente-se impotente e chega a pensar que não tem força de vontade para resistir às tentações e que está fadado a ser obeso por toda a vida.

Ao invés de cultivar sentimentos de menos-valia é importante que a pessoa reconheça que os momentos de fraqueza nem sempre são conseqüência da falta de força de vontade, mas sim de falta de estratégias para enfrentar situações de alto-risco.

Para adotar uma estratégia que previna a recaída, deve-se analisar a relação entre um comportamento específico (ex: fazer bolo de chocolate para as visitas) e uma conseqüência indesejada (ex: devorar sozinho o bolo de chocolate). Esta análise permite que se perceba onde a falha se encontra e possibilita que se elabore uma estratégia de ação para lidar com ela (ex: na próxima vez, a pessoa pode vir a oferecer alimentos menos calóricos às visitas, para não comprometer seu plano alimentar).

Como se percebe, a peça chave é a realização de uma análise do próprio comportamento que pode ser feita individualmente, mas é certamente facilitada pelo trabalho de um psicólogo.

Culpar a si mesmo pela incapacidade de seguir o plano alimentar gera sentimentos negativos que nada contribuem para a manutenção dos hábitos desejados. Refletir sobre os motivos da recaída possibilita que se aprenda com os próprios erros e que se maximize as chances de acerto futuro.

 

Fonte: Coluna assinada por:
Flávia Leão Fernandes

http://cyberdiet.terra.com.br/

 

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

MITOS E VERDADES SOBRE O VERÃO


O verão exige muitos cuidados para ser desfrutado de maneira saudável. A seguir estão relacionadas algumas recomendações importantes:

1- Devemos nos proteger do sol.
Pesquisas recentes atribuem ao sol funções essenciais para a saúde, relacionadas com a síntese da vitamina D, indispensável para o bom funcionamento do organismo. Portanto, a exposição moderada ao sol é uma necessidade para todos nós. No entanto, é melhor ser cauteloso quanto ao tempo de exposição, já que os estudos foram feitos com base em populações escandinavas e britânicas, submetidas a longas temporadas de inverno. Os raios ultravioleta apresentam efeitos aparentemente opostos: ao mesmo tempo em que aumentam a produção de vitamina D, podem também provocar câncer de pele, quando a exposição for excessiva.

2 – O calor aumenta a libido.
Há quem diga que isso realmente ocorre, mas isso pode ser conseqüência dos estímulos visuais provocados pela maior exposição do corpo. Alguns estudiosos afirmam que o calor do verão provoca a dilatação dos vasos sanguíneos, o que pode intensificar a irrigação de sangue nos órgãos sexuais, provocando aumento da libido.

3 - O calor interfere no sono.
Isso ocorre porque o organismo não produz frio, e fica mais difícil manter o corpo em uma temperatura agradável. A temperatura corpórea tende a baixar durante o sono, mas o calor do verão dificulta esse processo.

4 – O calor diminui o apetite.
Ao contrário do frio, o calor reduz o gasto de energia para manter a temperatura do corpo e assim o organismo precisa de menos calorias, deixando a pessoa com menos fome.

5 – No verão as pessoas transpiram mais.
O suor misturado com a oleosidade natural da pele produz uma sensação de maior oleosidade.

6 – O corpo molhado não bronzeia mais, apenas queima mais.
Quando molhada, a pele recebe duas vezes mais a ação do sol, porque a água reflete a luz. É bom saber que cloro e sal são agentes irritantes da pele.

7 - O sol no nordeste é mais forte que no sul e no sudeste.
A intensidade da luz solar é a mesma em todo o planeta, mas em regiões mais próximas da linha do Equador o sol incide em linha reta, deixando o local mais quente.

8 – Dormir com ar-condicionado ligado não provoca gripes nem problemas respiratórios.
Gripes e resfriados são causados por vírus. Aparelhos que refrigeram o ar podem provocar ressecamento no nariz e na garganta, piorando os sintomas da gripe.

9 – A intensidade dos exercícios deve ser reduzida quando a temperatura estiver muito alta.

O calor pode causar superaquecimento do corpo, se os exercícios forem praticados de forma intensa. Se a atividade for praticada em local refrigerado, a intensidade habitual pode ser mantida.

10 – Sucos de frutas perdem rápido os nutrientes.
Sucos de frutas como acerola, laranja, goiaba, maracujá, morango e tangerina perdem as propriedades se não forem bebidos logo após o preparo. A água de coco é uma das melhores fontes de hidratação, porque repõe os sais minerais, mas em excesso pode causar diarréia.

11 – A retina deve ser protegida do excesso de exposição ao sol.
Para proteger os olhos da ação dos raios ultravioleta, os óculos escuros devem ter lentes com filtro de proteção. Usar óculos sem proteção é mais prejudicial que não usar nada. Como a pupila se abre na presença de pouca luz, as lentes escuras, sem filtro, enganam os olhos, e as pupilas dilatadas acabam absorvendo mais luz. As óticas podem atestar a qualidade das lentes, mesmo que os óculos tenham sido comprados em camelódromo.

 

 

Fonte: http://cyberdiet.terra.com.br

 

Acro yoga -Conheça essa nova modalidade!

ACRO YOGA, JÁ OUVIU FALAR?

 

fit_acro_yoga


Acro Yoga. Isso mesmo! Essa novidade em atividade física que, como o nome já diz mistura Yoga e acrobacia, é ideal para quem já tem alguma experiência com a prática do Yoga convencional.

 

A professora Elaine Lilli Fong, do Acro Yoga Brasil de São Paulo, conta que além da academia no Brasil a atividade é desenvolvida em alguns locais do Canadá e dos Estados Unidos. "Começamos há cerca de três anos, mas só para professores. As aulas abertas tiveram início há oito meses."

Elaine explica que normalmente ela não indica a prática para iniciantes. É melhor começar no Yoga convencional, já que a base é a mesma, e apenas passar pro Acro quando tiver cerca de seis meses de prática.

Outro diferencial da atividade é que parte dela é feita em dupla. De acordo com Elaine, a aula é divida em quatro etapas.

Primeiro é feita a parte de Yoga, depois a "dois a dois", onde os participantes fazem exercícios combinados. Na terceira etapa começa a acrobacia, também feita em dupla, onde um se apóia no outro para realizar os movimentos. Para finalizar, é realizada uma massagem, definida por Elaine como yoga passivo.

Como existe a questão das duplas, a professora destaca que a prática além de cuidar da parte física promove também a integração. "É uma boa opção de exercício para ser feito entre pais e filhos. As crianças as vezes nem precisam de prática anterior no yoga, pois já costumam ter bastante flexibilidade."

O número de vezes que a atividade deve ser praticada por semana varia de pessoa para pessoa. "A maioria dos alunos continua fazendo o Yoga convencional, então eles acabam intercalando as duas modalidades."

 

Fonte: http://cyberdiet.terra.com.br

 

 

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Carnaval - Tudo o que você deve fazer para se alimentar bem.

carnaval_mascara1

É HORA DE CAIR NA FOLIA!

A festa mais esperada do ano se aproxima. Milhões de brasileiros esperam ansiosamente a chegada do carnaval. Para muitos são dias para descansar, curtir a família, viajar, já para outros é pra cair na folia mesmo, sambar à noite inteira e curtir todos os dias desta festa maravilhosa.


O carnaval acontece na estação mais quente do ano, por isso cuidados com alimentação e hidratação são imprescindíveis.

Veja as dicas para todos os tipos de foliões.

Folião samba no pé

- Se você só quer saber de dançar, pular e curtir todos os momentos, o cuidado tem que ser ainda maior, não esqueça de estar bem nutrido e hidratado para que assim tenha toda a energia necessária para curtir todos os dias.

- Não esqueça de comer, pois para muitos isso fica em segundo plano, mas é um grande erro, pois você pode passar mal e acabar com a sua folia. Procure fazer pelo menos 2 refeições balanceadas, consuma alimentos de grupos variados e nos intervalos coma algo prático. Beba muita água e hidrate-se com outros líquidos também.

- Evite comidas pesadas e gordurosas, se você decidir comer em restaurantes, muito cuidado com a comida que é servida e com a higiene do local.

- Para muitos, se não tiver bebida alcoólica a festa não é completa, então muito cuidado, evite misturar vários tipos de bebidas, escolha um tipo e consuma à noite inteira.


- Durante a festa você perde muito líquido através do suor e alguns pensam que a cerveja pode repor esta perda, mas não é assim, a cerveja só aumenta o volume da urina e se consumida em excesso pode provocar a desidratação.

Folião família

Curtir com a família, descansar, levar os filhos para matinê, este é o seu objetivo no carnaval? Pois bem, é importante cuidar de você e de toda família. O carnaval de salão é muito divertido, mas cuide da alimentação dos seus filhos, não mude a rotina da sua casa, eles também precisam ter uma alimentação adequada, para curtir a folia.

Antes de ir para o salão prepare um lanche para as crianças, com alimentos saudáveis, leves, como por exemplo: pãozinho, frutas, sucos naturais, queijo, bolo, etc. Lá no salão dê bastante líquidos e se você perceber que eles vão ficar muitas horas sem comer, leve barrinhas de cereais, biscoitos, compre picolé de frutas, etc.

Cuidado com as fantasias, coloque roupas leves, confortáveis, claras e frescas.

Folião de areia

Você ama praia e tudo que você precisa para este carnaval é passar todos os dias na praia, então aproveite, mas sem descuidar da alimentação. Primeiro é importante antes de sair de casa fazer um super café da manhã, consuma cereais (pão, aveia, torrada, biscoito, granola, etc.), proteínas (queijo, leite, iogurte, etc.) e frutas. Na praia procure comer os seguintes alimentos: espiga de milho, picolé de frutas, queijos e leve de casa frutas e barra de cereais.

Se você realmente estiver disposto a passar o dia todo na praia e vai almoçar por lá mesmo, prepare um sanduíche saudável para comer lá, exemplo: pão, queijo branco, peito de peru ou blanquet de peru ou frango desfiado, verduras e legumes, como alface, rúcula, agrião, cenoura crua, beterraba crua, etc. E fique longe das frituras, como pastel, espetinho de camarão frito e outros alimentos muito calóricos.

Beba bastante líquidos, não esqueça que você ficará exposto ao sol, transpirando, perdendo água e que é necessário repor, por isso deixe uma garrafinha de água perto da sua cadeira de praia. Além disso beba água de coco, que é um isotônico natural fonte de vitaminas e minerais.

Quando chegar em casa faça uma refeição balanceada, escolha alimentos leves e não exagere na quantidade.

Fora da folia

Se você é daqueles que se esconde no carnaval, ou seja, foge do agito, quer curtir a casa ou uma pousada em lugar tranqüilo e vai usar o seu tempo para ler um bom livro, conversar com os amigos, pensar, enfim ficar bem tranqüilo, não pense que você também não precisa de cuidados com alimentação e hidratação.

Já que você terá tempo suficiente para preparar sua comida ou pelo menos escolher o que vai comer, opte por manter uma alimentação balanceada. Faça todas as refeições, tenha refeições equilibradas. Como é verão, consuma frutas, verduras, legumes, gelatina, sucos naturais, sorvete de frutas, ou seja, alimentos refrescantes.

Se possível, dependendo de onde estiver, faça caminhadas, não deixe de praticar alguma atividade física.

Não esqueça de beber de 2 a 3 litros de água, além de outros líquidos como água de coco, suco de fruta, se desejar beber bebida alcoólica, muito cuidado com a quantidade.

 

Veja em que perfil você se encaixa e seja qual for o tipo de folião que você seja, cuide de você e bom carnaval!

 

Fonte: http://cyberdiet.terra.com.br

 

 

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Receita Light - Mini Bombas de Banana Light

 

bomba_light 

1 porção = 45 g (1 unidade)
número de porções = 24

Valor nutricional e calórico
por porção

calorias = 75 kcal
carboidratos = 7.8 g
proteínas = 1.3 g
lipídios = 1.8 g

Ingredientes

Massa:
- 125 ml de água
- 125 ml de leite desnatado
- 80 g de margarina light
- 1 g de sal
- 1 g de adoçante
- 110 g farinha de trigo especial
- 2 ovos

Recheio
- 1 pacote de massa pronta para mini bombas
- 6 bananas nanicas
- 1 xícara (chá) de suco de laranja
- 1 colher (chá) de canela em pó
- adoçante em pó a gosto

Cobertura
- 2 colheres (sopa) de suco de laranja
- 1 xícara (chá) de adoçante em pó
- 2 colheres (sopa) de raspas de casca de laranja

Modo de Preparo

Para a massa - Ferver o leite, a água, a margarina, o adoçante e o sal. Acrescentar a farinha de trigo de uma só vez, mexer bem e cozinhar por alguns minutos até que a mistura se desprenda do fundo da panela. Adicione um ovo de cada vez e mexa bastante. Faça bolinhas e asse em forno médio por cerca de 30 minutos.
Para o recheio – Coloque as bananas em uma panela com o suco de laranja e o adoçante e cozinhe por 25 minutos em fogo alto, mexendo quando necessário. Retire do fogo, transfira para um prato. Deixe esfriar.
Para a cobertura – Coloque na panela: o suco de laranja, o adoçante e as raspas de laranja. Deixe cozinhar em fogo baixo por 20 minutos, até obter uma calda.

Abra a massa ao meio com uma faca e coloque o recheio de banana. Cubra com a calda e sirva.

Receita Light - Sanduíche de forno light

 

080630_rec_sand_forno

1 porção = 1 sanduíche
número de porções = 1

Valor nutricional e calórico
por porção

calorias = 177 kcal
carboidratos = 22 g
proteínas = 6 g
lipídios = 7 g

Ingredientes

- 1 colher de sopa de cream cheese light
- 1 colher de café de mostarda
- 4 fatias de tomate maduro
- 10g de azeitona preta
- 1 colher de chá de azeite
- 1 pão francês
- orégano

Modo de Preparo

Corte o pão francês ao meio no sentido do comprimento e retire o miolo. Em uma panela anti-aderente misture o cream cheese e a mostarda, leve ao fogo baixo até formar uma mistura cremosa. Distribua este creme entre as fatias de pão, por cima de cada, coloque 2 fatias de tomate, azeitonas fatiadas, sal, orégano e regue azeite. Coloque em uma assadeira e leve ao forno quente por 5 minutos.

Matadores de Fome

 

Lista de alimentos e bebidas que regulam o apetite, queimam a gordura e ajudam a enfrentar a ansiedade.

 

A fome e a alimentação desregrada são os principais motivos que nos fazem não conseguir controlar o peso. E é exatamente por isso que uma das dicas mais preciosas para manter a boa forma (ou conquistá-la!) é apostar em alimentos que dão a sensação de saciedade, fazendo com que a gente coma menos. Aqui, você encontra uma listinha poderosa dos matadores de fome. Eles satisfazem e podem ajudá-la na hora em que bate a ansiedade.

Matando a fome

- Frutas: elas têm poucas calorias e diminuem a vontade de comer.

- Barra de cereais e granola: são ótimas, principalmente se forem light, porque têm fibras que levam mais tempo para serem digeridas. Resultado: você demora para sentir fome novamente.

- Pão e arroz integrais: nos deixam satisfeitas por causa das fibras dos grãos. Além disso, mantêm os níveis de açúcar no sangue mais equilibrados, evitando que a fome volte logo.

- Aveia, farelo de trigo: as fibras desses alimentos se expandem no estômago, se transformando em uma espécie de gel. Eles prolongam, dessa forma, a saciedade.

- Ovo, queijo branco, peito de peru, tofu, iogurte: todos são fontes de proteínas, nutriente que demora a ser digerido, e, por isso, regulam o apetite.

- Gelatina: contém proteína e grande quantidade de água, que ocupa bem o estômago. Além disso, rende várias receitas de baixa caloria.

- Chá de ervas: chá, em geral, acalma o estômago. Beba o de capim-cidreira (reduz a compulsão por comida), o verde (acelera o metabolismo, fazendo o corpo queimar gordura) e o de cravo e canela (diminui o desejo por doce).

- Água: ela ocupa espaço no estômago, preenchendo momentaneamente aquele “vazio”.

Esses alimentos e bebidas, no entanto, não fazem milagre sozinhos. Eles quebram um galho danado, claro, mas é necessário disciplina nas refeições e atividade física sempre. Corpo em forma e saúde em dia!

 

Fonte: Bem Leve

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...