sexta-feira, 26 de abril de 2013

Reeducação alimentar é para a vida toda!

 

emagreca-com-a-reeducacao-alimentar-1-24

 

De acordo com a nutricionista Gabriela Marcelino, da empresa Congelados da Sônia, há uma grande diferença entre “estar de dieta” e passar por uma mudança definitiva na alimentação. Chamada de reeducação alimentar, essa mudança deve ser para a vida toda e influenciar desde sua escolha dos alimentos no supermercado até o momento de escolher o que vai ao prato.

Não tenha urgência em emagrecer todos os quilos acumulados. Afinal, o que você ganhou em meses não deve ser emagrecido em semanas. O emagrecimento rápido, além de não ser saudável, não é duradouro na maioria das vezes. Crie metas e coloque-as em um diário alimentar. Isso fará com que você visualize a evolução de sua reeducação.

Neste mesmo diário, crie o hábito de anotar todos os alimentos consumidos. Dessa forma, você perceberá o que realmente consome e se esses alimentos são saudáveis e ideais para a sua saúde.

Tenha cuidado, ainda, com o estresse, que muitas vezes leva ao ganho de peso, o que é constatado por muitos profissionais na experiência clínica de consultório. Porém, recentes pesquisas feitas pelo Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos (NIH) comprovam que a  suspeita tem fundamentos científicos.

A hora da refeição nos remete a uma situação prazerosa. Há alimentos que nos transportam a algum momento de nossa vida – há pessoas que consomem alimentos doces pois lembram a infância, ou ainda, outras que relacionam refeições salgadas à comida da mãe.

Comer pode também acaba sendo uma fuga. No ambiente profissional, a saída da rotina estressante para o “cafezinho” acaba sendo acompanhada de petiscos calóricos, que, aliados ao trabalho sedentário e a falta de horários, acarreta quilos a mais na balança.

Seguem, então, algumas dicas para se fugir de modo saudável do “cafezinho com petiscos” no escritório:

  • Tenha sempre uma fruta de fácil consumo reservada (ou leve um pote com uma salada de frutas já preparada);
  • Tente incluir chás calmantes;
  • Se puder, deixe torradinhas integrais num pote junto ao café;
  • Beba água (com gás, sem gás, com gotas de limão e adoçante, veja como lhe agrada mais para aumentar o consumo);

E quando atingir sua meta de peso ideal (que é aquele com que você fica saudável e se sente bem), você vai perceber que vai ser possível aumentar algumas quantidades dos alimentos habituais ou comer livremente algumas vezes. Mas, basicamente, você deve manter o ritmo da reeducação alimentar durante a semana: carnes magras, pouca gordura, legumes, verduras e frutas à vontade.

Tenha mais disciplina e programe o que vai comer, e deixe a “animação” para os fins de semana e épocas festivas.

Comece agora um planejamento para a sua reeducação alimentar: marque dia, hora e determine qual sua meta desejada! Procure um profissional e faça uma avaliação. Leia as dicas especiais de nutricionistas e médicos e ponha em prática!

Como vivemos em um país quente, quanto mais leve e de fácil digestão os alimentos forem, melhor para sua saúde.  Leve seu squeeze na bolsa para não perder a vitalidade com a desidratação, abasteça-o com água fresca e alterne com suco de frutas.

Procure fazer pequenos lanches saudáveis de 3 em 3 horas. Escolha picolés de frutas e, se levar seu próprio lanche, mantenha-o numa bolsa térmica. Tenha cuidado com a comida vendida nas praias (opte por alimentos industrializados). Faça programas saudáveis, o verão combina com amigos, aquele bate-papo no final da tarde, após um dia cheio de eventos.

Considere tudo isto como um novo aprendizado capaz de gerar novas atitudes. Como uma revolução positiva na sua vida que lhe vai trazer saúde, leveza e alegria, sem a necessidade de mudanças radicais.

Congelados da Sonia®
Tel.: (21) 3461-9779 | SP: 08000240083

Fonte: http://www.rionoticias.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...